Fenacor

SITES RESPONSIVOS PARA CORRETORA
E CORRETORES DE SEGUROS
FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Sites Responsivos

Adequam-se a tablets e smartphones.
CONHEÇA OS MODELOS

Sites Personalizados

Caso queira algo diferente podemos desenvolver um site totalmente personalizado.

CONSULTE-NOS

Instalação e manutenção do conteúdo do site

Você não precisa se preocupar em criar o seu site, esse é o nosso negócio.
Basta nos enviar todo o contéudo necessário e nós ativamos o seu site.
A atualização de conteúdo é por nossa conta, você só precisa nos enviar a solicitação.

Valores


TAXA DE INSTALAÇÃO DO SITE PADRÃO
R$ 249,90 (parcela única)

MENSALIDADE
Corretor Associado:
R$ 34,90

Corretor não associado:
R$ 39,90

MODELOS

Site responsivo ajustam-se à tela do aparelho eletrônico utilizado reposicionando os elementos do site, a fim de mantê-lo funcional em vários formatos e tamanhos de tela.

ESCOLHA SEU MODELO

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.

Clique nos botões abaixo e veja as cores dos modelos e um exemplo de como ficará seu site.


Notícias do Mercado de Seguros

Previdência e Vida geram 60% da receita do setor
Ter - Fevereiro 21, 2017 3:58 pm  |  Artigo Acessos:3877  |  A+ | a-
Fonte: CQCS

A participação do segmento de vida e de previdência complementar na receita global do mercado saltou de 57,6% para 60,1% entre novembro de 2015 e o mesmo mês, no ano passado, segundo dados da CNSeg, que incluem os planos de risco e de acumulação. 


No total, esses planos geraram receita da ordem de R$ 128,7 bilhões nos 11 primeiros meses de 2016, com incremento de 14,7% em comparação ao mesmo período, no exercício anterior. 

Destaque para os planos de acumulação, cuja receita cresceu 14,6% entre os dois períodos comparados, para R$ 98,2 bilhões. Nos planos de risco, a arrecadação de R$ 30,5 bilhões, acumulada de janeiro a novembro do ano passado, foi 3,9% maior que a registrada em igual período, em 2015. O levantamento indicou ainda que nos ramos elementares, o mercado praticamente “andou de lado”, com variação de apenas 0,31% entre os dois períodos analisados, para R$ 63,1 bilhões. 

Ainda acordo com a CNSeg, a capitalização foi o único segmento com queda da receita, que somou R$ 18,8 bilhões de janeiro a novembro de 2016, 3,6% a menos que no mesmo período, no ano anterior. 

A soma global do mercado chegou a R$ 210,6 bilhões, no final de novembro. Esse valor é 8,2% maior que o registrado nos 11 primeiros meses de 2015.
Top